domingo, 18 de setembro de 2016

6 dicas infalíveis para fotografar comida saudável

Fotografar comida saudável é uma tarefa muito divertida e totalmente gratificante. Hoje em dia, qualquer um o faz, quer seja um profissional ou não (até os fotógrafos de casamentos mais amadores já perdem algum tempo a fotografar o menu completo das suas bodas). Até porque não é obrigatório saber muito bem todas as técnicas fotográficas, muito menos ser um expert nos empratamentos, para que as imagens fiquem bem captadas. Muitas vezes, a prática é uma grande aliada e ajuda imenso na aquisição dos conhecimentos.

Eu já fotografo há um bom tempo, como sabem, mais ainda após o nascimento dos meus pequenos. E é muito devido ao tempo que já perdi a fazê-lo que os meus conhecimentos sobre esta arte ficaram muito mais aprofundados e a minha aptidão mais aprimorada. Por isso, sei que existem 6 dicas infalíveis que devem ter em conta quando começam a fotografar, quer profissionalmente, quer amadoramente, imagens de comida saudável, e que tornam qualquer uma numa verdadeira obra de arte:

Fazer um empratamento bonito


Algumas comidas assim o exigem, principalmente quando são compostas por vários alimentos. Portanto, e mesmo que o vosso forte nunca tenha sido as disciplinas de artes, um pouco de imaginação basta para fazer um empratamento bonito. E podem fazê-lo segundo vários critérios: separando as cores, criando um contraste interessante de tons, colocando os alimentos em sítios distintos, brincando com os ingredientes, de forma criativa e original, etc. Notem que o mais importante é que (quase) todos os ingredientes fiquem bem visíveis no prato.

Destacar alguns pormenores do prato


Outra forma de tornar uma fotografia de comida fantástica aos vossos olhos - e aos alheios - é evidenciando um pormenor do prato. Normalmente, a escolha recai para um determinado ingrediente, para um recheio ou até para todo o interior da iguaria (se estivermos a falar, por exemplo, de um bolo, de uma torta, de uma tarte, etc.). Por isso, se acham que existe algum pormenor que deva merecer um maior destaque, ou por ter ficado muito bem cozinhado, ou mesmo pela sua beleza, não deixem de o evidenciar. Vão ver que a fotografia ficará bem mais interessante!

Apostar em alimentos coloridos e frescos


Fotografar comida saudável só faz sentido e só produz os efeitos que pretendem se, realmente, o fizerem logo após a sua confecção e se usarem os ingredientes mais frescos. Lembrem-se que as cores dos alimentos vão alterando-se com o tempo, logo, quanto mais fresquinhos estiverem, mais facilmente transmitem uma aparência saudável e apetitosa nas imagens. Por outro lado, apostarem em alimentos coloridos também torna logo uma fotografia bem mais agradável, o que, já sabem, pode provocar aquela óptima sensação de “água na boca”…

Fotografar algum momento da preparação dos pratos


Fotografar algum momento da confecção é uma das formas mais interessantes de se fazer este trabalho, porque torna a imagem mais real e menos estática. Por outro lado, dá a entender que, realmente, existiu todo um processo e que há alguém por detrás dele, ou seja, humaniza, de certa forma, a imagem. Assim, para além de o resultado final ficar muito bonito, também chama a atenção das pessoas com mais facilidade.

Ser original

A originalidade e a criatividade são qualidades imprescindíveis para os verdadeiros amantes da fotografia de comida saudável. No entanto, caso não sejam dotados de estas duas características, tentem criar formas engraçadas de fotografarem os vossos pratos, aproveitando as particularidades de cada um. Analisem bem os ingredientes e a forma final dos alimentos, e vejam como podem usá-los e dispô-los no prato de forma criativa. Inovem, arrisquem! Neste tipo de trabalhos, a imaginação é o limite. E mesmo que pensem que não têm muita, não desistam de o fazer!

Colocar efeitos nas fotografias


Os efeitos são opcionais, é certo. Porém, se dominam minimamente os editores de imagem (dos computadores ou dos telemóveis), devem aproveitar esta capacidade para embelezar e tornar ainda mais criativas as vossas fotografias de comida saudável. Ou podem fazê-lo no momento em que estão a captar a imagem, recorrendo às várias funcionalidades das vossas máquinas (caso sejam profissionais). Apostem, por exemplo, no foque e no desfoque, nos efeitos de cores, nos filtros, na colocação de outros elementos na imagem, etc. Vão adorar o resultado!
Como viram, fotografar comida saudável é para todos, desde os mais amadores aos mais experientes, apenas necessitam de sentir duas coisas: amor pela fotografia e amor pela cozinha!
Fonte das imagens: Pinterest (Sim, pela primeira vez não são minhas!)

Sem comentários:

Publicar um comentário