domingo, 2 de dezembro de 2018

Novas pizzas Dr. Oetker - Yes it's Pizza

A Dr. Oetker convidou-me a experimentar as suas novas Yes it's Pizza e fiquei rendida ao novo conceito de pizza! Inicialmente quando as vi fiquei com algum receio, mas depois de abrir cada caixa o meu receio desapareceu completamente.







A primeira que experimentei foi a Pizza com base de Couve Flor. A massa é coberta por queijo mozzarela e edam, peito de frango e pimentos assados. O sabor que mais sobressaiu foi o dos pimentos assados e a base crocante de couve flor e farinha de trigo é muito boa!






A segunda a experimentar foi a pizza de base Espinafres. A massa é coberta por queijo mozzarela, bróculos e cogumelos. Tem umas cores apetecíveis, bem recheada e muito saborosa. Todas as pizzas têm base crocante. O que sobressaiu nesta pizza foi um ligeiro sabor a pimenta, que mesmo eu que não aprecio, até gostei e irei repetir.




A última pizza que experimentei e que foi a minha preferida, tem base de Beterraba. Adorei as cores, os sabores! A massa é bem coberta por crème fraiche, queijo mozarella e edam, fiambre, curgete grelhada, pimentos e cebolas roxas. Mais umas vez sobressaiu o sabor dos pimentos que gosto imenso, mas também do fiambre, da cebola e da courgete. A base tem uma cor apelativa e crocante!
Se as crianças gostam não sei, mas pelos adultos foram 3 pizzas aprovadíssimas e que vamos repetir de certeza!

domingo, 27 de maio de 2018

Mês das festas e bolo de laranja



Por aqui o mês de abril é o mês das festas. Este ano houve dois bolos de chocolate com frutos vermelhos, simples de fazer, mas que são sempre muito bons. 


E para a princesa cá de casa que fez 10 anos, o tema da festa foi... unicórnios! Não fosse esse um tema muito pedido agora pelas meninas! Como tal, teve direito a um bolo unicónio de chocolate e laranja com recheio de ganache de chocolate. A combinação ficou muito boa e a receita do bolo de laranja foi a perfeita. 


 A receita do bolo de laranja foi retirada deste site, embora tenha feito algumas alterações. Aqui fica...

Ingredientes:

- 4 ovos grandes;
- Sumo de 2 laranjas;
- 1/2 chávena de chá de óleo;
- 1/2 chávena de chá de leite;
- 2 chávenas de chá de farinha de trigo;
- 1 chávena de chá de açúcar;
- 1 colher de sopa de fermento em pó.

Coloque na batedeira o açúcar, os ovos, o sumo das laranjas, o óleo e o leite e bata muito bem;

Em seguida adicione a farinha e o fermento e mexa até obter uma massa uniforme.

Coloque a massa numa forma previamente untada e enfarinhada e leve a forno médio durante aproximadamente 50 minutos. Após os 30 minutos pode ir verificando com um palito, se o bolo já está cozido.


Se fizerem, espero que gostem!

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Trufas de tâmaras, cacau e nozes


Por vezes apetece comer um doce sem fugir ao saudável, isso é possível e aqui está um deles! Estas trufas são doces, mas saudáveis. Feitas sem açucares adicionados, apenas com tâmaras, cacau e ingredientes que não nos deixam com o sentimento de culpa de que estamos a falhar na dieta que seguimos! 
A receita não dá para muitas trufas, por isso sugiro que se dupliquem os ingredientes, pois só dá para umas 12 unidades.


  Fica aqui a receita, que foi inspirada neste blog.

- 20 tâmaras;
- 2 colheres de sopa de cacau puro em pó, usei da marca "cem porcento";
- 1 colher de sopa de manteiga de amendoim;
- Nozes q.b.
- Bagas de goji q.b.

Para a cobertura:

- Cacau;
- Coco ralado.

Como preparar...

- Retire os caroços das tâmaras e coloque num liquidificador, ou no meu caso, coloquei na picadora Moulinex;
- Junte às tâmaras, o cacau, as nozes e a manteiga de amendoim;
- Triture até obter uma pasta;
- Retire para um prato, separe um pouco da pasta e adicione as bagas de goji que foram trituradas à parte;
- Molde as trufas com as mãos molhadas, até terminar toda a pasta;
- Para finalizar, passe as trufas por coco ou cacau, conforme gostar mais.


Nas trufas de goji não coloquei cobertura.


Trufa com cobertura de cacau...



E aqui está o interior, o crocante da noz a contrastar com a suavidade das tâmaras com a manteiga de amendoim e o cacau... uma combinação excelente. 

terça-feira, 10 de abril de 2018

Cogumelos com alheira gratinados


Cá por casa em dias de festa, tenta-se fazer sempre novas receitas e esta foi uma delas. Uma receita simples e muito fácil de executar, com sabores contrastantes. Esta receita veio do site da Teleculinária e aqui fica a minha versão. 

Ingredientes:

600g de cogumelos brancos pequenos/ médios;
2 alheiras de Mirandela;
Queijo mozarella q.b.;
Azeite q.b.;
Sal q.b.

E como fazer...

Lavam-se muito bem os cogumelos. Retira-se a pele e o pé. Colocam-se num pano virados para baixo para escorrerem;
Retira-se a pele às alheiras e colocam-se numa taça, amassando para ficar uma pasta;
Colocam-se os cogumelos num tabuleiro forrado com papel vegetal e temperam-se com azeite e sal;
Moldam-se bolinhas com a alheira e dispõem-se dentro dos cogumelos;
No final polvilha-se com mozarella e vai ao forno até ficarem dourados.


Espero que experimentem e gostem!

segunda-feira, 5 de março de 2018

Gestão de Tempo


Hoje tive uma formação todo o dia sobre Gestão de Tempo. É um tipo de formação que nos faz pensar um pouco no que andamos a fazer, o  rumo que damos à nossa vida, o que fazemos com as pessoas que nos são importantes e se estamos a caminhar na direção que desejamos. É muito mais do que isto, mas esta foi a parte da formação mais marcante para mim.

Desde 01/11/2016 que não colocava um post no meu blog. Falta de tempo? Vontade? Cansaço? Não sei explicar... tantas vezes que desejei vir mostrar estes bolinhos e muito mais do que fiz desde novembro de 2016 para as festinhas cá de casa, mas acabava sempre por procrastinar. 

Espero voltar aqui brevemente... Até já.

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Caracóis de canela e... Dia Um... Na cozinha!


Todos os meses tento participar no Dia Um... Na cozinha! mas não consigo! Quando dou por mim já estou no dia 1 e não consegui ter tempo para fazer e fotografar algo sobre o tema, outros meses nem dou conta que já é dia 1... Mas este mês consegui e por isso aqui ficam uns caracóis de canela!


Aqui fica a receita. A massa foi feita na máquina de fazer pão (MFP).


Ingredientes para a massa:

1 chávena de leite morno (250ml);
3 colheres de sopa de manteiga derretida;
1 ovo batido;
1 pitada de sal;
3 1/2 chávenas de farinha sem fermento;
1/2 chávena de açúcar;
1 saqueta de levedura seca.

Ingredientes para o recheio:

3/4 chávena de açúcar amarelo;
2 colheres de sopa de canela em pó;
1/4 de chávena de manteiga amolecida.


Modo de fazer...

Coloque os ingredientes na MFP pela ordem descrita e coloque no programa "massa".
Prepare o recheio.
Passado o tempo do programa, retire a massa e estenda-a com a ajuda de um rolo da massa até obter um retângulo.
Cubra a massa com o recheio e enrole-a como se fosse uma torta.
Com uma faca afiada corte a "torta" em fatias com +/- 1,5cm de espessura.
Coloque-as num tabuleiro untado com manteiga e coloque dentro do forno durante 30 minutos a 50ºC aproximadamente. Passado esse tempo, coloque a 180ºC durante cerca de 20 minutos.

Estão prontos!



domingo, 18 de setembro de 2016

6 dicas infalíveis para fotografar comida saudável

Fotografar comida saudável é uma tarefa muito divertida e totalmente gratificante. Hoje em dia, qualquer um o faz, quer seja um profissional ou não (até os fotógrafos de casamentos mais amadores já perdem algum tempo a fotografar o menu completo das suas bodas). Até porque não é obrigatório saber muito bem todas as técnicas fotográficas, muito menos ser um expert nos empratamentos, para que as imagens fiquem bem captadas. Muitas vezes, a prática é uma grande aliada e ajuda imenso na aquisição dos conhecimentos.

Eu já fotografo há um bom tempo, como sabem, mais ainda após o nascimento dos meus pequenos. E é muito devido ao tempo que já perdi a fazê-lo que os meus conhecimentos sobre esta arte ficaram muito mais aprofundados e a minha aptidão mais aprimorada. Por isso, sei que existem 6 dicas infalíveis que devem ter em conta quando começam a fotografar, quer profissionalmente, quer amadoramente, imagens de comida saudável, e que tornam qualquer uma numa verdadeira obra de arte:

Fazer um empratamento bonito


Algumas comidas assim o exigem, principalmente quando são compostas por vários alimentos. Portanto, e mesmo que o vosso forte nunca tenha sido as disciplinas de artes, um pouco de imaginação basta para fazer um empratamento bonito. E podem fazê-lo segundo vários critérios: separando as cores, criando um contraste interessante de tons, colocando os alimentos em sítios distintos, brincando com os ingredientes, de forma criativa e original, etc. Notem que o mais importante é que (quase) todos os ingredientes fiquem bem visíveis no prato.

Destacar alguns pormenores do prato


Outra forma de tornar uma fotografia de comida fantástica aos vossos olhos - e aos alheios - é evidenciando um pormenor do prato. Normalmente, a escolha recai para um determinado ingrediente, para um recheio ou até para todo o interior da iguaria (se estivermos a falar, por exemplo, de um bolo, de uma torta, de uma tarte, etc.). Por isso, se acham que existe algum pormenor que deva merecer um maior destaque, ou por ter ficado muito bem cozinhado, ou mesmo pela sua beleza, não deixem de o evidenciar. Vão ver que a fotografia ficará bem mais interessante!

Apostar em alimentos coloridos e frescos


Fotografar comida saudável só faz sentido e só produz os efeitos que pretendem se, realmente, o fizerem logo após a sua confecção e se usarem os ingredientes mais frescos. Lembrem-se que as cores dos alimentos vão alterando-se com o tempo, logo, quanto mais fresquinhos estiverem, mais facilmente transmitem uma aparência saudável e apetitosa nas imagens. Por outro lado, apostarem em alimentos coloridos também torna logo uma fotografia bem mais agradável, o que, já sabem, pode provocar aquela óptima sensação de “água na boca”…

Fotografar algum momento da preparação dos pratos


Fotografar algum momento da confecção é uma das formas mais interessantes de se fazer este trabalho, porque torna a imagem mais real e menos estática. Por outro lado, dá a entender que, realmente, existiu todo um processo e que há alguém por detrás dele, ou seja, humaniza, de certa forma, a imagem. Assim, para além de o resultado final ficar muito bonito, também chama a atenção das pessoas com mais facilidade.

Ser original

A originalidade e a criatividade são qualidades imprescindíveis para os verdadeiros amantes da fotografia de comida saudável. No entanto, caso não sejam dotados de estas duas características, tentem criar formas engraçadas de fotografarem os vossos pratos, aproveitando as particularidades de cada um. Analisem bem os ingredientes e a forma final dos alimentos, e vejam como podem usá-los e dispô-los no prato de forma criativa. Inovem, arrisquem! Neste tipo de trabalhos, a imaginação é o limite. E mesmo que pensem que não têm muita, não desistam de o fazer!

Colocar efeitos nas fotografias


Os efeitos são opcionais, é certo. Porém, se dominam minimamente os editores de imagem (dos computadores ou dos telemóveis), devem aproveitar esta capacidade para embelezar e tornar ainda mais criativas as vossas fotografias de comida saudável. Ou podem fazê-lo no momento em que estão a captar a imagem, recorrendo às várias funcionalidades das vossas máquinas (caso sejam profissionais). Apostem, por exemplo, no foque e no desfoque, nos efeitos de cores, nos filtros, na colocação de outros elementos na imagem, etc. Vão adorar o resultado!
Como viram, fotografar comida saudável é para todos, desde os mais amadores aos mais experientes, apenas necessitam de sentir duas coisas: amor pela fotografia e amor pela cozinha!
Fonte das imagens: Pinterest (Sim, pela primeira vez não são minhas!)