domingo, 5 de julho de 2015

Mais uma festa! 2 anos do pequenito!


Hoje trago-vos a festa do meu mais pequenito... Sim, ainda falta mostrar a festa dos 7 anos da pimpolha, mas como esta foi ao ar livre e estamos no verão, apetece mais ver algumas fotos primeiro desta festinha! (e acabei de descarregá-las da máquina... :) )


Os meses de março a junho são muito atarefados e finalmente tenho o direito a um pouco de descanso! Adoro fazer estas festinhas, mas organizá-las ao mais ínfimo pormenor e fazer tudinho é bastante desgastante, principalmente quando ainda se tem de trabalhar e cuidar de dois traquinas, mas não consigo deixar de o fazer e adoro ver como se divertem no dia da festa e de ver tudo o que fiz!  


Vou mostrar-vos então um pouco do que fiz... desde os saquinhos oferta para as crianças...


... As mensagens e os bigodes para tirar umas fotos mais divertidas!


Garrafinhas de água personalizadas para as crianças saberem qual a sua garrafa... era bom se tivessem vindo estes meninos todos, mas houve 3 desistências já após ter feito as garrafinhas...


Palhinhas com o Mickey para os mais pequenitos!


Balões para enfeitar o espaço e para as crianças tirarem e brincarem!


Até o Mickey veio à festa tirar fotos com todos!


O espaço estava preparado para os mais pequenos e não faltou música para pô-los a dançar!!!


Agora falando de comidinhas... para esta festa apeteceu-me fazer mais unidoses e algumas comidinhas mais saudáveis e que não tiveram muito sucesso por isso mesmo! Aiaiaiaiaiai :)


Houve bolachinhas para os mais pequenos e graúdos...


... uma gelatina de morango com framboesas para refrescar...


... salame de chocolate sem ovos...


... e agora começamos com as bolinhas saudáveis que eu tanto adoro, mas que a maioria nem pegou por serem saudáveis demais!!! Estas são de tâmaras, amêndoa e cenoura...


... mais bolinhas e estas são as minhas preferidas, com cenoura, tâmaras e castanha do maranhão!


 ... as últimas... com côco, chocolate, passas de uva e sementes de girassol...


Nos docinhos mesmo docinhos, havia beijinhos de côco no copo...


... brigadeiros no copo... e....


... Mousse de maracujá no copo, que para mim estava uma delíciiiiiaaaaaa!


O bolinho tinha tudo a ver com a festa, não fosse a festa do Mickey e do Pluto! Deu um trabalhão e embora não estando perfeito, gostei do resultado final! Aqui ficam algumas fotos do bolinho, o interior era de abóbora e cacau com recheio de ganache de chocolate. 




Vamos então para a mesa dos salgadinhos...


Uma novidade foram estas espetadas de tomate com queijo mozarella e manjericão! Gostei muito e acho que vou manter nas próximas festas! 


Uma quiche de espinafres, cogumelos e fiambre de peru que não sobrou uma única fatia para o dia seguinte!


Nos salgadinhos não podiam faltar os rissóis de camarão...


... nem os croquetes de peru que fiz pela primeira vez e bolinhas de alheira...


... sandes de queijo e fiambre...


E os folhadinhos de salsicha de peru.


E foi assim, mais um aniversário, o 2.º de muitos! O do meu pequenito! 
O tempo esteve a nosso favor e depois de uma semana com chuva, veio um sábado mais quentinho e só com uma brisa, para podermos festejar nas melhores condições possíveis! Obrigada São Pedro! :)))


Missão cumprida! :)

quarta-feira, 6 de maio de 2015

O 2 em 1 de abril e um bolinho xadrez


Com calma vou colocando aqui um pouco dos aniversários de abril. 
Com muita sorte, quase todos os anos consigo juntar o aniversário do meu marido ao meu, pois só temos 4 dias de diferença e assim acabamos por só fazer 2 festas em abril em vez de 3!


Gosto de fazer sempre bolos diferentes e para este aniversário apeteceu-me fazer um bolo parecido com o bolo xadrez... Pois, não é um bolo xadrez, porque não levou o creme em toda a volta e o recheio é de chocolate em vez de ser o creme branco habitual.


O bolo não correu da melhor maneira, pois o bolo de chocolate esfarelou-se muito quando o cortei e assim foi difícil fazer o xadrez, mas gostei e talvez um dia com mais calma volte a fazer e saia mais perfeitinho. 


Aqui fica a receita...

Para o bolo branco:
260g de açúcar amarelo;
200 g de farinha com fermento;
8 ovos;
1 colher de sobremesa de fermento;
1 colher de sobremesa de essência de baunilha;
Sumo de ½ laranja;
Margarina para untar.

Para o bolo preto:
260 g de açúcar amarelo;
200 g de farinha com fermento;
60 g de chocolate em pó;
8 ovos;
1 colher de sobremesa de fermento;

Para o creme e cobertura:
200 g de chocolate em barra de culinária (usei Nestlé);
2 dl de natas.

Pode fazer os dois bolos ao mesmo tempo se tiver formas iguais. Como não tenho fiz um bolo de cada vez, untando a forma e forrando com papel vegetal.

Bolo branco:
Bata os ovos, adicionando o açúcar aos poucos, até ficar um creme esbranquiçado e fofo. Junte a essência de baunilha e o sumo de laranja, bata mais pouco, adicione depois a farinha peneirada com o fermento e envolva suavemente.
Verta para uma forma e leve ao forno a 180ºC até estar cozido.

Bolo preto:
Bata os ovos com o açúcar, depois junte a farinha peneirada com o chocolate em pó e o fermento e envolva. Deite para uma forma e leve ao forno até ficar bem cozido, tal como o anterior. Desenforme e deixe arrefecer. Corte depois os dois bolos ao meio e em 3 circulos e reserve.

A cobertura e creme:
Leve um tacho ao lume com as natas, deixe ferver, retire do lume, junte o chocolate picado e mexa bem até ficar um creme liso quase frio.

Barre uma metade de bolo branco com creme, coloque por cima uma metade de bolo escuro, barre novamente e repita até ficar com as 4 metades do bolo sobrepostas. Alterne as cores em cada circulo que faz na montagem do bolo e vá barrando com o recheio de chocolate. Regue o bolo de modo a que fique totalmente coberto ou então como eu acabei por fazer.
Pode enfeitar com chocolate granulado.

A bandeirola foi uma ideia que já vi em alguns blogs e acho que fica muito giro nos bolos de aniversário, esta foi feita por mim, mas já se encontram à venda nas lojas de material para bolos :)


segunda-feira, 4 de maio de 2015

Feliz Dia da Mãe!

 

Hoje não trago nenhuma receita, apenas um bolinho. Um bolinho que quis partilhar neste Dia da Mãe que acabou de terminar. Um bolinho que fiz com muito carinho, para ser partilhado com mais duas mães, daí as três rosas.

Porque ser mãe é viver com o coração nas mãos, é ralhar e amar ao mesmo tempo, é descobrir uma forma completamente diferente de amar, sem limites.

Só depois de ser mãe é que comecei a compreender melhor os meus pais, compreender o quanto difícil é para um pai/mãe tentar encaminhar o filho para o bom caminho, o quanto difícil é tomar decisões em que não temos a certeza que é a melhor escolha, mas que temos de deixar transparecer segurança e certeza. 

Mais palavras para quê? Feliz Dia da Mãe!








sexta-feira, 1 de maio de 2015

Tarte de frango e legumes e Dia Um... Na Cozinha!


O mês de abril é o mês das festas cá por casa. É um mês muito cansativo e dispendioso, mas seria incapaz de o deixar passar sem fazer todas as coisas que fui imaginando ao longo do ano.
Mas sobre festas de aniversário falarei nos próximos posts, onde vou mostrar um pouco como foram os 3 aniversários de abril.


Agora falando do que me trouxe aqui hoje... estive prestes a não participar neste Dia Um... Na Cozinha!. Depois de um mês tão atribulado, o que me apetece mais é descanso, mas com um tema tão tentador, ganhei coragem de manhã e lá saiu esta quiche que serviu de jantar.


E como já vem sendo hábito, aqui fica a receita:

Para a massa (fiz na MFP):

250g de farinha Branca de Neve com fermento;
125g de margarina;
Água q.b.;
1 pitada de sal.

Para o molho branco:

2 colheres de sopa de farinha Branca de Neve com fermento;
5 dl de leite meio-gordo;
4 ovos;
1 pitada de sal.

Para o recheio:
1 curgete;
2 cenouras;
2 batatas pequenas;
2 alhos francês;
300g de frango cozido;
Azeite q.b.;
Sal q.b.

Comece por fazer a massa. 
Como tenho a máquina de fazer pão, optei por colocar no programa pasta de massa (15 minutos). Coloca-se primeiro a margarina derretida, o sal, um pouquinho de água e a farinha. Põe-se a máquina a trabalhar e vai-se ajustando a quantidade de água. No final do programa, retira-se a massa, envolve-se em película aderente e vai ao frigorífico até ter o recheio e o molho branco feitos.

Para fazer o recheio, comece por refogar o alho francês cortado em rodelas no azeite. Em seguida junte ao alho francês os restantes legumes cortados em cubos pequeninos e o frango desfiado. Tempere com uma pitada de sal. Reserve.

Agora o molho branco... Dissolva a farinha no leite e leve ao lume até engrossar. Depois de retirar do lume, junte os ovos batidos e misture bem.

Forre uma tarteira com a massa. Pique com um garfo e coloque o recheio. Deite o molho branco com os ovos sobre o recheio e vai ao forno a 180ºC aproximadamente 50 minutos ou até estar dourado.



Espero que gostem!

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Pão de Ló


Para o almoço de Páscoa decidi fazer um Pão de Ló, já que é tradicional da época e não demora tanto tempo a fazer como um folar. 
Procurei um Pão de Ló fofinho e não podia encontrar receita mais fofinha que esta! 
É um bolo que não dá para rechear de tão fofo que é, mas mesmo simples é uma maravilha e esta receita vai direitinha para o meu Grande Livro das Receitas!


Fiz pequenas alterações e aqui fica a minha receita:

12 ovos;
24 colheres de sopa de açúcar amarelo;
Raspas de 1 limão;
1/2 colher de chá de essência de baunilha;
12 colheres de sopa de farinha com fermento;
1 colher de chá de fermento em pó.

Comece por untar muito bem uma forma redonda com buraco no meio com margarina e polvilhe com farinha.
Separe as claras das gemas.
Bata as gemas com o açúcar durante aproximadamente, 20 minutos. Até obter um creme fofo e clarinho.
Junte as raspas de limão e a essência de baunilha e bata mais um pouco.
Reserve e bata as claras em castelo bem firme. 
Peneire a farinha com o fermento e coloque na mistura dos ovos com o açúcar, alternadamente com as claras. Não bata, apenas envolva muito bem.
Pré-aqueça o forno a 200ºC e quando colocar o Pão de Ló, baixe para os 180ºC. Deverá ficar cozido em 40 minutos aproximadamente.
Deixe arrefecer um pouco e só depois desenforma.


Depois de comer umas fatias deste delicioso Pão de Ló, nada melhor do que ir dar um passeio ao parque para queimar calorias!
Já venho um pouco tarde, mas desejo que tenham passado uma boa Páscoa.