segunda-feira, 1 de Setembro de 2014

Dia Um... Na Cozinha! E um bolo de frutos vermelhos


Mais um dia 1 e mais uma participação no grupo do facebook "Dia Um... Na Cozinha!". Este mês o desafio era um bolo comemorativo de aniversário, podia ser recheado ou não, tinha era de ser um bolo digno de festejar o 1.º aniversário do grupo!
Como estou de férias, não tinha a minha cozinha, todas as minhas formas e utensílios que tanto adoro, por isso aproveitei o que tinha à mão e meti mãos à obra. 

A minha mãe tem imensos frutos vermelhos congelados e muita vontade de os gastar, por isso queria fazer-lhe a vontade e andei a pesquisar receitas de bolos com frutos vermelhos... o meu objetivo era fazer uma polpa que iria adicionar ao bolo e após alguma pesquisa... não encontrei nada!
Como não encontrei nada, peguei numa receita que já tinha feito, mas com puré de maçã, alterei alguns ingredientes e assim fiquei com este bolo delicioso e muito fofinho!


250g de açúcar;
100g de manteiga;
200g de farinha com fermento;
100g de farinha Maizena;
1 colher de chá de fermento em pó;
6 ovos;
300g de frutos vermelhos.

Começa-se por fazer o puré de frutos vermelhos. Como utilizei congelados tive de deixar descongelar. Reservei alguns para colocar no topo do bolo para decorar e o restante, após descongelar, triturei com a varinha mágica. Em seguida, se não gostar de sentir as sementes no bolo, pode passar no passador, se não se importar (como eu), reserve.
Bate-se o açúcar com a manteiga previamente derretida em banho maria ou no microondas, até ficar um creme esbranquiçado. Adiciona-se as gemas uma a uma batendo sempre.
Adiciona-se o puré de frutos vermelhos e em seguida as farinhas e o fermento.
Batem-se as claras em castelo e envolvem-se no preparado anterior.
Unta-se uma forma, deita-se a massa para o interior e decora-se com os frutos vermelhos que reservou-se no inicio.
Vai ao forno até estar cozido.
Se desejar, polvilhe no fim de estar frio, com açúcar em pó.


Também pode ser servido com uma bola de gelado, no meu caso era de gelado da Carte D'Or Crèma di Mascarpone - gelado de queijo mascarpone com molho de frutos vermelhos salpicado por pedaços de pistáchio.



sábado, 30 de Agosto de 2014

Batatas recheadas


Demorei um pouco mais do que esperava a colocar este post, mas cá estou! E hoje trago umas batatas recheadas que ficaram muito boas e como foram batatinhas que os meu pais me deram, ainda souberam melhor! A primeira foto mostra o recheio que coloquei antes de adicionar a batata e os ingredientes vou colocá-los já abaixo.


4 batatas grandes;
2 tomates;
100g de fiambre (coloquei de peru);
sal q.b.;
4 colheres de queijo flamengo ralado;
2 colheres de sopa de cebolinho;
30g de margarina.
  

Escolha as batatas que tiverem uma forma mais oval e regular possível. Lave-as muito bem e coza-as em água temperada com sal durante aproximadamente 25 minutos.
Entretanto, lave e pique o tomate, corte o fiambre em tirinhas se utilizar fiambre fatiado, ou aos cubinhos se utilizar fiambre em fatias de 1 cm.
Junte o fiambre ao tomate e misture o queijo ralado e o cebolinho picado.
Corte uma tampa às batatas e escave a sua polpa.
Esmague a polpa das batatas com um garfo, juntamente com a margarina. Adicione os outros ingredientes e misture bem.
Recheie as batatas com este preparado e leve ao forno durante cerca de 25 minutos.


sexta-feira, 1 de Agosto de 2014

Batido de banana, frutos vermelhos e sementes de chia e o Dia Um... Na Cozinha!


O mês de julho passou mais rápido que o normal. Não sei porquê, mas passei o tempo a correr como já vem sendo hábito. 
A pimpolha já vai para o 1.º ciclo e com isso foi a espera desesperante de saber se ficava na escola que colocámos como primeira opção, foi a escolha do ATL, a renovação da inscrição na piscina, a procura dos livros e tantas questões que vão surgindo e que ainda não obtive resposta... O pimpolho também já vai para o colégio em setembro e com isso mais uma série de preocupações para arranjar tudo o que pedem no colégio. Vai ser um início de setembro bastante diferente, mas espero bem organizado e calmo.


 Com isto tudo, chegámos ao dia 01 de agosto e novamente ao novo desafio do Dia Um... Na Cozinha!, em que o tema deste mês são os batidos. Comecei inicialmente a pensar num batido com legumes, mas a minha paixão por frutos vermelhos levou-me para este batido de banana, frutos vermelhos e sementes de chia. Segundo informações que vi em alguns sites, as sementes de chia, são muito ricas em Ómega  3, cálcio, magnésio, fósforo, proteínas, fibras e antioxidantes.


Passando agora à receita que é das mais simples que já fiz...

2 bananas maduras;
morangos, framboesas e cerejas q.b., (utilizei congelados e cerca de 2 mãos cheias);
300 ml de leite de soja;
1 colher de sopa de mel;
1 colher de sopa de sementes de chia por copo (deu-me para 3 copos).

Junte todos os ingredientes, excepto as sementes de chia, num liquidificador ou coloque num copo alto e grande para desfazer com a varinha mágica (foi o meu caso...). 
Em seguida deite nos copos, coloque as sementes de chia e mexa. Espere uns minutos para as sementes absorverem um pouco o líquido e está pronto a beber!
Espero que gostem, eu adorei!



segunda-feira, 7 de Julho de 2014

Trifle de frutos vermelhos e banana


Hoje trago mais uma receita que vem da festa de anos do pequenito e acho que ainda não vou ficar por aqui... Esta sem dúvida é para repetir mais vezes, porque dá para gastar fruta que se tenha em excesso, fácil de fazer e com um aspeto visual fantástico! 


A receita veio daqui, mas fiz algumas alterações de forma a poder aproveitar o que tinha cá por casa. Só posso dizer coisas boas desta receita! 


Agora vamos à receita, para ver se deixa de crescer água na boca...

4 queques de chocolate (fiz com queques que fiz a mais da receita do bolo de anos, mas podem fazer com um pedaço de bolo que tenham em casa e não precisa de ser de chocolate);
350g de morangos congelados + 100g de morangos frescos;
180g de framboesas congeladas + 100g de framboesas frescas;
2 bananas;
230g de açúcar;
1 limão;
4 dl de natas para bater;
Chocolate para culinária q.b. (raspas).

Para o creme:

5 dl de leite meio-gordo;
1 casca de limão;
2 colheres de sopa de farinha maisena;
150g de açúcar;
4 gemas.

Coloque os morangos e as framboesas congeladas num tacho, junte o sumo de meio limão e 150g de açúcar. Leve ao lume e deixe ferver 10 minutos. Desligue e reserve até ficar frio.

Prepare o creme... 
Leve ao lume um tacho com o leite e a casca de limão e deixe ferver. 
Numa tigela, bata as gemas com o açúcar até obter uma mistura clara. Acrescente a farinha, o leite morno em fio, mexendo sempre.
De seguida passe esta mistura pelo coador de rede fina para um tacho e leve ao lume, mexendo sempre, até levantar fervura.
Quando obtiver um creme liso, desligue o lume e reserve até ficar frio.

Corte os queques em pequenos pedaços e coloque metade no fundo de uma taça de vidro transparente.
Cubra com uma camada do preparado de frutos vermelhos, metade dos morangos e framboesas frescas e as bananas cortadas às rodelas.
Regue com o sumo da outra metade do limão e cubra com metade do creme. 
Repita novamente a operação e reserve no frio.

Para finalizar, bata as natas com 80g de açúcar até ficarem firmes e espalhe-as por cima da última camada de creme. 
Decore com raspas de chocolate e sirva frio.

domingo, 6 de Julho de 2014

Paté de dois salmões


Para a festa de 1 aninho do meu filho, fiz este paté, receita de Henrique Sá Pessoa. Ficou muito bom e enche um frasco ainda grande que dá para guardar se não se comer tudo no dia.

100g de lombo de salmão;
100g de salmão fumado;
50g de manteiga sem sal;
1 colher de sopa de cebolinho picado;
1 colher de sopa de alcaparras;
Pimenta branca moída q.b.;
1 laranja;
1 limão;
3 colheres de sopa de créme fraiche ou iogurte natural;
Azeite q.b.;
Sal.

Pique o salmão fumado e coloque na picadora. 
Numa frigideira aqueça o azeite e core o lobo de salmão cortado em cubos, cerca de 1 minuto. Tempere com sal e pimenta.
Pique as alcaparras grosseiramente e junte ao salmão fumado.
Adicione também a manteiga à temperatura ambiente e o cebolinho.
Escorra bem o salmão e junte também aos restantes ingredientes.
Adicione o créme fraiche, tempere com sumo de limão e raspa da laranja.
Triture tudo, coloque num frasco e sirva com tostas ou fatias de pão.
Se não for para consumir de seguida, conserve no frigorífico.


quinta-feira, 3 de Julho de 2014

Curgete recheada com salmão


Este fim de semana foi daqueles em que fomos até à aldeia, ver a horta dos meus pais, respirar ar puro e sair da poluição da cidade. Estes fins de semana são raros, mas muito bons, principalmente para as crianças que saem do betão e passam a interagir com as galinhas, mexer na terra e ver muitas árvores de fruto e legumes que habitualmente só vêm no prato! 
Desta viagem trouxe curgetes, maiores do que as que se encontram no supermercado e excelentes para rechear! 


Com grande pena minha, este mês não consegui participar no Dia Um...Na Cozinha!, o tema era uma receita de peixe (bacalhau excluído). O 1.º aniversário do pequenino, o início do trabalho com horário completo e esta viagem no final do mês, fizeram com o que tempo fosse mínimo e até o que parece simples (fotografar um prato), acaba por ser uma tarefa quase impossível.


Esta era a receita que queria colocar no dia 1, uma receita que tal como a minha filha disse: "Deliciosa!" E comeu tudo e nem reclamou!


E agora vamos à receita, que não retirei de blog nem livro nenhum, apenas segui-me pela experiência que vou tendo e pensando também na forma mais agradável de fazer, para que a minha filha goste e não reclame com os legumes...

3 curgetes grandes;
3 cenouras médias;
2 latas pequenas de cogumelos;
3 lombos de salmão;
1 lata de milho doce;
3 colheres de sopa de polpa de tomate;
1 cebola média;
1 dente de alho grande;
1 pacote de molho bechámel;
Alho em pó qb;
Queijo mozarella ralado qb.;
Sal qb;
Salsa qb;
Azeite q.b.

Comece por lavar bem as curgetes, cortar-lhe as pontas e retirar-lhes o interior. Reserve.
Coloque um tacho ao lume com azeite, a cebola e o dente de alho picados. 
Quando a cebola estiver transparente adicione o salmão cortado as cubinhos, os cogumelos, milho e sal.
Enquanto o tacho está ao lume no mínimo, corte aos bocadinhos o miolo da curgete, pique a salsa e as cenouras e adicione ao tacho. Deixe cozinhar, retifique de sal e coloque a polpa de tomate.
Unte com margarina uma forma de ir ao forno e disponha as cascas das curgetes de forma a poder recheá-las. Polvilhe com alho em pó.
Com uma escumadeira ou outro utensílio que ajude a escorrer o molho do recheio (não queremos as curgetes cheias de líquido), recheie-as.
No final, coloque um pouco de bechámel por cima e espalhe com um garfo. Polvilhe com o queijo.
Vai ao forno a 180ºC durante 30 minutos aproximadamente. 


Pode servir com arroz ou uma salada. Espero que gostem.

segunda-feira, 23 de Junho de 2014

1.º aniversário - Bolo de cenoura e chocolate


O tempo passa a correr e na semana passada, o meu bebezocas já fez 1 ano. Foi um ano tranquilo, mais um elemento cá em casa que trouxe muita alegria e amor. É um bebé muito sossegado, calmo, só chora quando é estritamente necessário, dorme bem, ainda mama de manhã e à noite, come muito bem, muito sorridente, bate palminhas, dá gritinhos, adora a mana e ela adora-o. 
Começou a gatinhar aos 11 meses e agora é o passatempo preferido dele... gatinhar e pôr-se de joelhos e em pé a mexer onde chega. 
Na consulta de 1 ano pesava 11,505 kg e estava com 77 cm, um pequenito peso pesado, nisso é tal e qual a mana, ambos em altos percentis o que faz aguardar dois filhotes ainda mais altos que os pais. 


A festa foi no domingo passado e este foi o bolo que fiz e que já andava a pensar nele há uns meses. Não ficou perfeito como queria, mas o cansaço não deixou fazer melhor. Desta vez organizei-me um pouco mais e já consegui acabar o bolo por volta das 02H30 da manhã... até tão tarde porque perco-me nos pormenores e quero adicionar sempre mais qualquer coisa, até ser vencida pelo cansaço e dizer que já está na hora de terminar. Adorava poder dedicar mais tempo a este meu "hobbie", mas é difícil... 


A receita deste bolo não é nova... aproveitei a receita que fiz aqui e dupliquei para ficar com um bolo bem grande! E assim fiz um bolo de cenoura com recheio de chocolate e com ganache de chocolate para a pasta aderir. 


É um bolo húmido, pesado, aguenta muito bem com a pasta de açúcar e ficou uma delicia!


A vela que coloquei é da Imaginarium. Todos os anos a Imaginarium envia-me uma carta para ir levantar uma vela à loja na altura dos aniversários e como são tão giras, tento ir sempre buscá-las e escolher uma diferente!


Agora que terminaram este ano os aniversários cá por casa, resta começar a pensar nos temas e nos bolos dos aniversários de 2015! Sim, porque estas festas são muito cansativas, mas dão-me imenso prazer organizar e é uma alegria ver os meus filhos fazerem mais um ano e fazer tudo para que cresçam saudáveis e bem. 
Apenas me resta dizer, Parabéns Tiaguinho e que o teu segundo ano seja tão bom como o primeiro!